segunda-feira, 13 de março de 2017

O amor é um risco


O amor é um risco!
e nesse jogo,
faz tempo que não arrisco
Me prendo,
Me engano,
Meio pirangueiro,
com medo de jogar as fichas...
e perde-las sem nenhuma conquista

O amor é um risco!
E após a roleta girar
Qualquer coisa pode ser destino
não são cores,
ou números,
perca de tempo,
ou gasto de fundos...
é escolha...
escolha por arriscar
sem saber o que esperar
com duas vias...
vai dar certo ou pode não dar...
não é algo previsível de se controlar
e se fosse...
não teria graça nem jogar

O amor é um risco...
E o perdedor...
é aquele que nunca jogou...
pois lá no fundo...
nunca conheceu o que é o amor!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Elas são...

Elas são cabulosas
Pense numa galera teimosa
Elas são amáveis
E quase sempre instáveis
Elas são temiveis
Principalmente quando estão sensiveis
Elas são daora
Mas não invente de dar-lhes um fora
Elas são complicadas
Mas normalmente só precisam serem amadas
Elas poderiam ser um nada
Mas tem um pouco delas em tudo
No mundo
Que mundo
E lá no fundo
Eeria chato de viver
Eem os nuances que saem de vocês
E hoje foi seu dia
Espero que tenham aproveitado com alegria
E esses versos feitos por um mané
É pra desejar
Feliz dia internacional da mulher

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Mas

Hoje acordei pensando em nós e fiquei a imaginar tudo que poderíamos ter passado juntos, tudo o que poderia acontecer conosco... as brigas, alegrias, lembranças do primeiro beijo, lembranças dos nossos melhores dias e dos piores mas sempre com o sorriso, esse seu sorriso que me contagia, me encanta, acalma... traria paz pra minh'alma... moça por você todo dia eu bateria palmas e agradeceria pela sua companhia, juro que de nós jamais desistiria... mas... esse MAS... pq ele sempre apareceu entre nós desde o princípio lá naquela festa começo dezembro de 2014 lembro daquele dia como se fosse ontem você... aquela moça simples bela e sonhadora, MAS com seus problemas... era fácil de sentir em nossas conversas esse "mas" persegue e parece que até hoje ele te segue e talvez eu não espere ele te deixar... "mas ainda gosto", "mas preciso de um tempo só", "mas preciso..." mas... poderia ele vir acompanhado de um "vou te nos dar essa chance" "mas eu espero que você me faça feliz" "ainda sinto algo por ele MAS é contigo que eu quero estar" algo simples que você procura complicar... só queria contigo estar e em todas as coisas te acompanhar... mas não sei se consigo mais esperar você uma decisão tomar... porém eu sei que sempre... 
em meus braços... 
será o seu melhor lugar... 
mas cansei de te aguardar...
Esse ano a lua começou sorrindo pra mim e pela primeira vez em anos o seu rosto não à acompanha...

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Descrição

te fiz um poema
foram os versos mais belos que já escrevi
pois quem o lia
sua imagem na cabeça aparecia
Descrevi o seu corpo
e tudo que ele transmitia
o movimento de seus joelhos ao andar
as curvas de seu corpo a encantar
desde as pernas torneadas
até as panturrilhas simetricamente encaixadas
até mesmo os seus pés
com os dedos meio grandes
sim, eu descrevi
subindo para sua cintura fina
passando por seu quadril
afilado do tamanho das pernas
não muito avacalhado
mas facilmente apreciável
e bastante desejável
as curvas de seu abdome sem definição
me deixou sem uma concreta definição
para aquela sensação
pois lembra de você acelerou meu coração
...
seguindo os traços de seu corpo
chegando nas partes altas
não muito avantajadas
mas também...
algo do tipo seria covardia
bela como és
e com a partes baixa que tens
seria muito desleal
e se tornaria mais surreal
praticamente sem igual
até pros seus braços finos eu dei moral!
passei reto pro seu cabelo
que me deixa em desespero
meio bagunçado
meio arrumado
meio escuro
meio dourado
vales ouro com seu estilo decolado
meio praieira
mas sem bronzeado
a cor de seu cabelo
combina com seu corpo bem tratado
sua cor
que cor
por muitos és desejada
adoraria que fosses minha amada
mas...
nada!
voltando para o que escrevi
cheguei em seu rosto e comecei a sorrir
queria te ter aqui
e contigo ser feliz
mas...
seus traços e suas feições
desperta emoções
acalma corações
e recria ilusões
rosto fino
mas não muito
e com poucas imperfeições
beiços carnudos
suaves como veludo
boca encantadora
com um sorriso arrasador
que unindo-se a todo resto
MEU SENHOR!!!
suas maçãs dão fome
vontade insaciável
altamente amável
adorável...
afável...
que narizinho perfeito
como poucos
quase sem defeito
e os olhos bem diretos
sem trasmitir dúvidas
mas com muitas incertezas
até nas suas sobrancelhas
bem-feitas...
se que para a mulher perfeita
ou talvez eu esteja exagerando
ou amando
mas se eu continuasse falando
a incerteza iria passando
e a dúvida acabando
e você confirmando
quanto eu estava te desejando
e olhar que só falei do que os olhos vêem
para que quando outros lerem
não se apaixonem também
porque o que por dentro dela existe
nem se compara com o que por fora tem...
Ela me deixa zen!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

0 a 10

ontem ela me perguntou
de 0 a 10 que nota eu sou...
e me questionou
o quanto eu chamo atenção?
sou bonita?
tipo mulherão?
e o meu sorriso?
um paraíso?
qual nota daria pra isso?
e eu pensei...
avaliei...
dela lembrei
e comentei...
8 - 9 -  8,5
Sua beleza é singular
já vi outras mais belas
mas você chega encantar
além do que olhos podem enxergar
seu conjunto faz-te um moça a se apreciar
desejar,
sonhar...
Atenção?
vou te falar
que corpão
as curas que você traz
nenhum escultor faz
até mesmo com seu andar sagaz
AQUI JAZ!
juntando com esse seu cabelo
belo,
meio castanho nas pontas galego
com uma forma a se admirar,
ondulado,
aparentemente desleixado
me faz vislumbrar
sonhar,
te desejar...
te ver de costas me faz parar
observar,
e na mente guardar
as curvas de sua cintura fina
e quadril a invejar
que mulher,
queria com ela agora estar,
ver aquele sorriso que nem cheguei a comentar,
no seu rosto fino
com traços afilados
amigos,
meus amados...
sei que já vi outros perfeitos
mas juro que não ligo muito pra os defeitos
do seu sorriso,
mesmo com seus grandes incisivos
seu sorriso,
que sorriso
que conjunto,
eu sou suspeito...
queria que ficássemos juntos
mas...
que estilo,
não me prolongarei... mas...
sorte de quem tiver tudo aquilo,
que mulher,
que...
se eu falar mais volto a me apaixonar
mas agora quero esquecer...
ela...
você...
de 0 a 10
8,5 ~ 9
mas no conjunto
te daria tudo...

domingo, 25 de dezembro de 2016

Não me deixe ir

Não me deixe ir,
eu vou...
mas não me deixe ir...
não voltarei
não mais te esperarei
não mais persistirei
não venha me dizer que me afastei
pois juro que lutei
te procurei,
busquei forças onde jamais esperei
contigo sonhei
e nesse sonho
só com você fiquei
e gostei,
e quando acordei contigo falei
mas... EI!
não se afaste,
não se distancie
queria te fazer feliz
mas ao teu lado vejo que não ficarei...
novamente você começa a despedida
fugindo de forma bandida
sem falar nada
na calada da madrugada
do dia,
da tarde,
da noite...
o silêncio irrompe minha tranquilidade
que maldade...
não se afaste...
não me deixe ir,
pois não sei se voltarei...
mas sempre de ti recordarei,
de quando um dia nos beijamos
e do dia que de ti cuidei...
até do seu sinal me recordarei...
mas não queria que se tornasse passado...
só queria ficar do seu lado...
não se afaste...
não me deixe ir...
me faça sorrir
e deixe eu te fazer feliz...
pelo menos até o ano acabar...
não se vá,
não me deixe ir...

domingo, 18 de dezembro de 2016

Um poema rápido

Te fiz um verso rápido
tentando ser mágico
pois queria do dia pra noite
mudar seus status

Te Fazer minha parceira
sem vacilar ou fazer besteira
talvez pareça bobeira
mas te acho bem maneira

Sabe o que mais?
Não há outra em meu coração
que faz o que você me faz

Queria ter seu beijo
Mas pena que nada acontece
Pois só eu tenho esse desejo

Eu acho!

A carta

Jaboatão do Guararapes, 18 de dezembro de 2016

Olá senhorita,
estou aqui novamente escrevendo uma carta e olha que faz tempo que eu não faço isso. É tanta coisa pra dizer em um pedaço de papel que talvez me falte palavras para explicar tudo e talvez não seja suficiente, porém espero não ficar mal compreendido.
Eu estou gostando de você mesmo sabendo que é algo tão difícil pra mim e creio que pra você. Quem sou eu pra gostar de alguém como você? quem poderíamos nos tornar se ficarmos juntos? será que um dia você sentirá algo por mim? são tantas dúvidas, questionamentos para poucas possibilidades de resposta. Você não sabe o quanto eu estive esperançoso nos últimos dias, semanas, e não imagina o quanto eu permaneci preocupado na mesma proporção. O que eu poderia fazer te trazer para mais perto? Dúvidas e mais dúvidas e poucas conclusões.
Juro que tenho tentado dar o meu melhor, juro que me achei preparado para você, novamente, mas será que você mente, ou sente algo por esse demente? sei que sou meio persistente e inconsequente por isso quase arrisquei minha fé... na gente... estava contente e meu coração bastante sorridente até perceber que você não quiserá tornar-se "a gente"...
Sei que sou esforçado e só queria ser amado, por você... sei que é meio egoísta da minha parte, mas talvez valesse a pena me arriscar por sua bondade e que vontade de beijar sua boca toda tarde... só de pensar minha cabeça arde, me agrade, me aguarde, me guarde em seu coração... deixa eu caminhar contigo e segurar sua mão, deixa eu acordar todo dia e lembrar que você escolheu ser minha companhia, talvez ser minha... menina...
Prometo que estou chegando ao final, mas ainda falta muita pra dizer que deixarei por subentender... praticamente todos os dias sonho com você ou durmo pensando em ti, isso me faz sorrir, e me deixa feliz... mas... assim... sei que nunca terei seu sim, e que seu coração nunca vai bater por mim, sabes como me fazes rir, sabes como te queria aqui, porém nem tudo é como queremos, aceitamos e vivemos, as vezes atras corremos e eu tentei correr atrás de você além do que me fôlego suportava, além do que meus músculos resistiam, e tenho sido insistente mas não tenho mais energia para correr nessa prova que no máximo serei o segundo lugar independente do quanto eu me esforçar, do quanto eu me doar, mas ainda creio que chegarei e lá terei a resposta que esperei... provavelmente demore um pouco para obtê-la, ou talvez você me responda ao lê-la e me ajude a desencanar dessa farsa que me faz te amar, e disfarçar tudo o que tem dentro de meu olhar...
Queria te dizer eu te amo, mas talvez seja por engano.

Atenciosamente mim.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Bem que...

Bem que...
Bem que poderíamos ficar juntos e conversarmos sobre qualquer assunto,
viajar pelo mundo, mesmo que seja o seu mundo ou o meu imundo, eu mudo...
pra te fazer feliz, sorrir, ter você aqui bem pertinho de mim...
Bem que... você poderia acordar e me notar... anotar o que eu te disse
uns dias atrás e ver se de mim você gostava um pouco mais... nunca fui bom,
e estou longe de ser perfeito, mas com meu jeito posso tentar fazer direito
e me encaixar no seu peito...
Bem que... você poderia chorar menos por motivos alheios e sorrir mais porque
até mim você veio, e alegrar-se porque me dispus a você e estou tentando fazer de mim
seu benquerer...
Bem que...
você poderia deixar eu te fazer feliz, pois desde o dia em que te conheci foi o que
meu coração mais quis... ao ver sorriso e te ouvir falar... naquela noite atípica de
um final de ano a se recordar... só queria contigo dançar e conhecer aquela moça
simples, bela e dengosa que sonhava alto e era muito amorosa... quão charmosa...
Bem que...
poderias sair comigo esta noite para eu te benquerer e eu te fazer...
meu bem-querer, sem segredo, mas sacramentado em meu coração

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

e nem dançamos esta noite

Que dia,
que ânsia,
ela vem me ver
para termos aquela nossa dança...
como ela está linda
e eu cheio de esperança
melhor do que da última vez
e eu parecendo uma criança
radiando alegria,
emanando confiança,
seu abraço me fez tão bem,
apesar de sentir a distância,
Moça,
por que comigo você não dança?
larga o copo,
segura minha mão,
vem me fazer feliz,
e alegra meu coração.

E o tanto que me aproximei
foi o tanto que ela se afastou
e brincou,
sorriu,
jogou,
me notou,
sua luz apagou,
tão cedo a noite acabou...
eu só queria tê-la em meus braços,
e consegui,
não como esperei...
e te guardei...

Não sei se terei outra chance
não sei como será nosso lance
como ficará romance...
nada ficou como antes
e só em pensar que passou a noite
e não te tivemos nossa dança
voltei a ser criança
sonhei contigo esta noite
ao som de stay with me
deu o melhor de mim
consegui te fazer sorrir
e um beijo roubei de te,
dancei,
não como esperei
mas feliz com seu cheiro
acordei!



domingo, 11 de dezembro de 2016

O dia mais feliz do ano...

É hoje o dia
que alegria
Ela está vindo aqui
depois de anos,
solteira!
que beleza
e que beleza ela tem...
vem,
pode chegar
estou a esperar
e ela a me procurar...
como assim?
por que estás distante?
era pra ser melhor que antes...
e fico a lhe observar
de longe,
você não é você,
acho que exagerou no...
calmante,
borbulhante,
volátil,
a noite caiu...
Ela também,
e em meus braços dormiu,
que frio...
por que isso foi acontecer?
achei que seria apenas eu e você,
por que dás tanto espaço para eles?
perca total!
Achei que seria o dia mais feliz do ano
mas tornou-se apenas mais um dia
fiquei te acalmando...
não queria que nosso reencontro fosse dessa forma,
que droga,
acorda,
AURORA!
Em meus braços ela acordou,
mas apenas em meus braços ela dormiu
para acalmar do estresse...
Viril!
Cabeça pesada,
olhos cansados,
sem lembranças dos acontecidos,
coração semi ferido,
desiludido,
dessa vez não teve beijo,
não entre nós,
mas...
na barriga deu uns nós,
do exagero acontecido,
no dia que mais esperei no ano
e torci...
para que acabasse voando
na madrugada te observando...
e te protegendo de alguns "manos"
essa noite não dormi...
só queria te fazer feliz...
mas não consegui,
que ânus!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Próxima jogada

Te fiz um poema,
versos dispersos em um bloco de notas,
bolas!
Suspeito que estou em uma sinuca... de bico,
que mico!
pois me encantei no seu feitiço,
sou mestiço,
não um príncipe,
não rico,
mas fico...
Fico a te observar
sem você notar
torcendo para me notar
e anotar... o número do meu celular
pra me ligar,
conversar,
sair pra dançar...
Já te falei que seu sorriso é lindo?
meio sem jeito,
mas sujeito
com seu jeito
seus defeitos
desejaria ser eleito
e ontem me peguei
querendo guardar sua lembrança...
em meu peito...
e conhecer...
os seus Trejeitos...

Ainda ontem eu orei...
De certa forma Pedi pra Deus:
"- Deus... me traz aquela moça que tanto tempo já esperei"
vendo seu rosto Clarear o escuro de meu olhos fechados...
outra vez me encantei,
mesmo sem muito de te conhecer...
sorri e cochilei...
sem saber qual seria a minha próxima jogada
Talvez enfadada... amém!

terça-feira, 27 de setembro de 2016

A.A

Prometi que não ia mais escrever me inspirando em você, mas cai em um erro passado e voltei a me expressar... espero que não tenha nada errado...
Tentei entrar em abstinência de você só que acabei percebendo o que não era para acontecer, quanto mais eu me esforço, mais é inútil...  Me afastei, você me surpreendeu, sem querer... eu sei... mas fazer o quê? Ignorei! Mas no canto de meus olhos eu me pegava deslizando pelos caminhos difíceis buscando observar mais algum detalhe seu, normalmente era involuntário, mas que otário eu seria caso mentisse em relação a isso, era algo racional, pouco trivial, era mais direita do que esquerda, mas no fundo com uma vontade enorme de deixar torna-se algo natural, torcendo por um olhar seu… Fenomenal! Porém sabendo que era algo, Surreal...

Hoje percebo que faço parte do A.A, Apaixonados Anônimos, e você é meu vício, então... Só por hoje escrevei sobre você e um dia de cada vez não deixarei sucumbir a essa vontade de descrever algo como você.... Aliás, você estava linda, novamente, como sempre!

sábado, 17 de setembro de 2016

Você arde em mim!

Eu sou fogo!
tipo fogueira de são joão,
a chama sobe e é vista
e depois sobra um vão...
e nele as lembranças
daquela época que todo ano vem
mas não vai muito além.

Eu sou brasa!
Esquento e ardo...
se deixar até passa do ponto
mas sem fazer fumaça
aos poucos me desmonto..
e escondo...
a chama que todo ano eu encontro...
e deixo se tornar mais um conto.

Eu sou Cinza!
Após o alvoroço...
o que resta seu moço?
A lembrança!
e na boca o gosto...
desse momento de estorvo...
que passei...
sem marcar seu rosto...
tentando me apaixonar,
de novo...
mas permanecendo...
Vergonhoso!

Você é a lembrança!
queria te chamar para uma dança...
um forrozinho...
sem lambança...
e a vontade...
com esperança...
que aceitasses
minha temperança.

Você é meus versos...
Sinceros!
Minha amada
não revelada,
lá no fundo eu espero...
que o próximo fogo que arder...
seja por alguém como você...
ou quem sabe...
seja apenas,
você!


sábado, 10 de setembro de 2016

Aquela Moça - J.C Peixe (música autoral)



Não canto bem, mas de boa...
Aquela moça - J.C Peixe

Não sei o que fazer
Com esses versos que eu fiz para ela
...
Pra declarar o meu amor

Não posso entregar...
De mão beijada assim...
...
Não é tão fácil para mim...

Muitos vão dizer
Que loucura sim
Se é loucura então
Me dê a sua mão
Por eu quero te entregar
O meu coração

Não sei o que
Faz tanto eu te querer
Pois quando eu fecho os olhos
Eu só vejo você

Seu sorriso meu acalma
Aquieta minha alma
O seu jeito
Traz um jeito
Tão sujeito pro meu peito se ajeitar

Aquela moça linda de cabelo preto simples me encanta
Mas eu já eu sou suspeito de falar pois ela já me conquistou

Eu sigo as curvas de seu corpo
Sigo os contornos de seu rosto
Eu vejo o brilho de seus olhos ao olhar nos meus
Mesmo sem saber que meus sorrisos são seus

Desde quando vi você...
Eu não consigo esquecer...
A sua marra, me amarra... vem me agarra
E… completa o meu ser....

Como ela é linda me deixou encantado
Talvez eu seja o cara errado
Queria poder ser o seu príncipe encantado
Para (estar para) sempre ao seu lado

Queria uma chance para eu te mostrar
Que o meu amor é capaz de te fazer amar

Como jamais te amaram antes

Então vem...
Que eu quero te querer
Eu passei a minha vida inteira
Esperando alguém como você
Então vem...
E deixa eu quero te querer
Eu passei a minha vida inteira
Procurando alguém como você

Seu sorriso meu acalma
Aquieta minha alma
O seu jeito
Traz um jeito
Tão sujeito pro meu peito se ajeitar

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

É pra você mesmo!

Ei moça...
Fiz esse poema para você
É você mesmo!
Nunca pensei que você chegaria a ler
Mas já que agora estas aqui...
deixa acontecer

É pouco tempo
Mas que alento
desde o princípio pensei:
"Que talento"

A primeira vez a gente nunca esquece
e não foi diferente
quando te vi
fiz minha prece
a se bola me desse
!ESQUECE!
Ela voltou
quanto amor
Esse cabelo...
que no contorno de seu rosto vai seguindo
Preto...
Como ele é lindo!

Um dia quis te ver sorrindo
e quando vi...
MEU DEUS O QUE É ISSO!
Queria ser seu amigo
- Mas ela é diferente... Disseram..
Não me importo... Respondi!
E ainda disse pra concluir
Jejuaria por ti...
Sorri!
Então esses versos eu fiz
Achando que nunca lerias
Mas já que aqui estás
QUE ANDAR VOCÊ TEM...
Largado, arrastado
Porém bastante fantástico

Moça,
Poderíamos sair
tomar um açaí
ou Comer sushi
para você comentar sobre esses versos
que no ônibus eu fiz
e ao terminar
Eu sorri...
Pois lembrei mais uma vez de ti!

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Angustia diária

Ligo o monitor,
Facebook aberto
música rolando
e eu de você lembrando
Abro seu chat,
vou falar...
e apago,
torço pra você ver
e mesmo sem nada eu dizer
você vir me responder...
dizer um "oi, tudo bem?"
ou simplesmente pra falar arroz...

Você estava linda hoje,
ontem também...
pena que não verei você amanhã
mas,
vamos sair?
pra curtir...
você poderia sorrir pra mim?
ou dizer um sim?
Meu coração se alegra sempre que vejo você
sorrir,
falar,
andar,
se estressar,
vamos dançar?
a beira-mar a lua linda vai clarear...
talvez se beijar,
ou apenas para que eu possa te apreciar
e falar mais uma vez o quão linda você está!
Mas ai percebo,
preciso voltar pro arroz...
e não deixar para depois...
nesse momento abri o seu chat
tentei isto enviar-te
mas...
que angustia!
vou falar...
não falei,
Dormi e contigo sonhei...
Mais uma vez!

Curvas (repost) - J.C

E nas curvas daquele corpo me perdi. Começando das curvas do cabelo, dia seco, dia molhado, dia liso ou preso escovado. E fui descendo a estrada da felicidade, acabei passando do ponto, sem maldade, aquelas pernas, com andar maroto, meio esperto, meio encantador, e tornei a subir e me vi batendo nas curvas daquele quadril, tanta simetria, unindo as pernas de forma sutil. E para não me prender a safadeza, eu deixei de lado aquela simples beleza, aquelas curvas do seu abdome, na estrada sem rumo, queria me encontrar sendo seu homem, suavidade nas laterais que ela insistia em dizer que estava fora da medida, eu continuava a dizer, neste lugar, talvez não exista mais linda. Mas pra que me aprisionar naquela simetria, desde as pernas até os seus ombros, tudo se encaixava, com a mais incrível sintonia. E continuando naquela rota, tornei ao ponto de partida onde pulei para dar o suspense sobre aquilo que de mais belo existia, as curvas de seu rosto. Desde as maças a serem grandes e macias, aos olhos que qualquer encantava, seguindo em torno de seu queixo e logo mais acima lá estava, aquilo que era fonte mais incrível de beleza, com aqueles lábios, nem cheio, nem seco, porém com maravilhosa boniteza, acompanhados por aquele belo sorriso, não o mais perfeito, mas a curva mais bela de toda aquela estrada que cheguei a percorrer, e ainda percorro, sem toques, sem avanços apenas com o poder de meus olhos, porém, se me perguntarem se eu já encontrei o fim daquela maravilhosa rodovia, eu responderei que se fosse possível, para toda a minha vida, nela eu me perderia.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Rapidão amigo!

é algo rápido...

Do sério...
Aquele cheiro me tira
e o dia todo eu espero
para vê-la mais um vez
sem mistério...

Se ela soubesse...
o que ela queria que eu fizesse?
se ela imaginasse...
o que eu faria
para que junto nois terminasse?
mas que desejo é esse?
ai se sêsse...

Aquele cheiro me enlouquece
enobrece
ah se ela me quisesse
e nois dois se empareasse
poderia decifrar
descrever
reescrever
e me preencher
de algo que nois dois gostasse,
ou apenas de algo que nos aproximasse...
mas eu já falei de seu cheiro?

Sério, é rapido!
Sempre penso,
Que cheiro é esse...
se juntim nois dois ficasse,
explicaria melhor...
não é nada fora do comum,
mas é algo tão simples
que já mais vi em canto algum
como pode
Ela ser tão simples
e eu aqui,
torcendo para que ela me queresse
e mesmo eu dizendo qualquer tolice
o seu coraçaum brandisse
querendo que juntim nois dois morresse
e todo mundo visse
que minha felicidade vem dela
e na realidade... Ela Existe!

domingo, 4 de setembro de 2016

POEMA INCIDENTAL (REPENTE DE ANTONIO PEREIRA)

SAUDADE MATA É VERDADE,
MAS DESSA MORTE EU ME ESQUIVO.
COMO MORRER DE SAUDADE
SE É DE SAUDADE QUE EU VIVO.

sábado, 3 de setembro de 2016

ela gosta

Ela tem um gosto diferente
e eu um tanto indiferente

Ela gosta de seriado
e eu de feriado
Ela gosta de finais de semana
e eu vivo sem grana
Ela gosta de música estrangeira
e eu de um pagodinho de terceira
Ela gosta de peixe cru
e eu comendo castanha de caju
Ela gosta de ser saudável
e eu tenho uma vida razoável
Ela gosta de sair sem mas...
e eu querendo conhecé-la um pouco mais
Ela gosta do fruto do pará
e eu como o que encontrar
Ela gosta de sorrir
e eu de observá-la
Ela gosta da simplicidade
e eu da brincadeira sem maldade
Ela gosta de fazer ceninha
e eu gosta de sua covinha

O que mais ela gosta?
quero descobria a cada dia
Mas lá no fundo o que eu gostaria
que um dia ela gostasse de ser minha
ei...
teu sorriso...
um dia poderia fazer companhia ao meu?
Ele gamou nas tuas covinhas e pediu para eu perguntar a você...

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

A vida é boa

A vida é boa
mas ficou melhor com você
não tenho nada a esconder
posso para todos te descrever
mesmo sem muito saber

que pena

já gravei seus traços
alguns de seus sorrisos
capaz de levar ao paraisos
até o mais nobre palhaços

que fardo...

Carregar tanta coisa
e nada te dizer
mas você vai perceber

que mulher...

Do cabelo
a barroquinha
seguindo pra ponta do pé

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

A saga!

18:29 - vou falar...
18:37 - vou falar...
vou falar...
sério, eu vou falar...
agora vai...
vou falar, é sério...
dessa vez vai...
vou falar agora...
 o jogo acabou vou falar agora...
terminei o primeiro episodio, vou falar...
essa é a hora...
é sério agora...
essa é a hora de novo eu dizendo...
agora vai moça... boa noite...
oi senhorita...
é sério, demorei e enrolei demais...
iae jovem...
vou falar agora...
até que fim tu tomou coragem em peixe, ufa... começou a saga de 18:30 e tomou vergonha de 20:41... seja mais homem rapaz...
E assim vou seguindo tentando tomar coragem pra falar contigo... um dia se tornará mais fácil, eu consigo...
Falei, Ufa!

Que marra

E que marra...
lá vem ela... com seu andar autoritário
meio largado, desleixado
com o rosto de princesa,
nada atrapalhado...

Que marra...
Aquele sorriso me acaba
e seu jeitinho,
bruto e fofinho
meio chata, mas com carinho

Que sorte...
a minha em ter a conhecido
não tinha visto nada parecido
e se vi... já tinha até esquecido
QUE SORRISO!!!

E QUE MARRA...
não vou dizer que ela é uma tara
mas aquele cabelo... também me acaba
Chanel... coloque seu número nesse papel
vai que a gente se encontra e se amarra

Que marra...
Minha vida se tornou uma farra
Mas a festa que eu vou é em minha mente
sempre contente...
só em pensar que no dia seguinte
o sorriso dela estará em minha frente

Que bom!
te chamaria em alto e bom tom
até para caçar pokemon
mas por enquanto a minha caçada
está sendo para descrever as linhas traçadas
pelas covinhas em suas bochechas...
rosadas...
que sorriso...
que covinhas...
Que marra!

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Noites de Chuva

E mais uma vez o céu se fecha, água caem e escorrem, mas não apenas das nuvens.
O jovem, extrovertido e empolgado, preguiçoso mas disposto percebe que ao seu lado falta algo, algo que um dia já foi tão importante quanto qualquer coisa, algo que foi capaz de torná-lo melhor e buscar melhorar para que nunca mais deixasse escapar alguém que fosse capaz de verdadeiramente lhe amar, algo que apesar da recente distância nunca deixou de uma ótima lembra. Sandy's tornou-se cantora solo, seguiu sua vida e deixou de lado o Junior que até certo ponto já era esqueci, que mau ocorrido. 
Pra que fazer isso consigo? pra que fazer isso comigo? será que todo o esforço não vale mais que um partido político? ideologias divergentes são capazes de sustentar uma amizade a que 4 anos e 11 meses era convergente? 1796 dias jogados fora como detergente, tentando limpar a alma achando que todo esse tempo nunca existiu a gente, deprimente, abra a mente... Todo o esforço feito pra mostrar que o jovem era diferente, sempre sorridente foi jogado fora por causa de um capitão ou tenente, que falou besteira em uma votação cheia de doentes, sem médicos, sem hospitais e sem cura para os tais. 
"SE VOCÊ SEGUE ESSE CARA TE DAREI UM IMPEACHMENT DA MINHA LISTA DE AMIGOS, NÃO EXISTIRÁ MAIS AMIZADE ENTRE NÓS"... E assim se foi 1796 dias jogados fora por apenas 1 dia, por apenas 1 motivo tão banal... e agora, o que fazer pra conhecer a ideologia de outros? excluir ou incluir? Não saberei te responder, mas por causa de algo besteira uma grande amiga eu perdi e que ela saiba que aquele dia eu nunca esqueci, dia 22 de maio de 2011 numa madruga, véspera de meu aniversário foi onde a conheci e me apaixonei, se você acha que é mentira a prova esta vem aqui mais-que-versos.blogspot.com.br/2011_06_01_archive.html e isso vai explicar muito do que senti... Sandy's você sempre estará aqui ♥ essa é minha maneira de me despedir... Nessa noite que a o céu se fechou e a chuva demorará dias para parar de cair...

segunda-feira, 16 de março de 2015

bora?

E eu perguntei:
- vai?
Ela disse:
- vamos!
e fomos...
ficamos...
e feliz estamos...
em meus sonhos...
Risonhos...
Bizonho!
Mais um sonho.

domingo, 8 de março de 2015

=]~

8 de março
que embaraço
dia da mulher
o que eu faço?

Um verso?
um poema?
um livro?
que Trilema?
Com essa chuva?
rema...

Esse clima frio
não combina com a data
vou colocar essa reclamação na ata
mas antes farei um serenata
na janela da minha amada...
com essa chuva?
o violão estraga...
me engasga,
minha mãe não tá em casa
minha irmã esta trancada
e novamente penso na minha amada?
quem é ela?
não sei de nada...
mas toda moça merece uma cantada,
com o respeito
mas a ousadia necessária

Explosão de hormônios
puro feromônio
a equação de um binômio
Beleza + segredo anônimo

Dizer que um dia é dedicado a elas
é um simples desmerecimento
pois todo dia é seu dia
mesmo que traga algum tormento
todo homem precisa de uma,
toda mulher precisa de uma,
mas se você não reconhece isso,
meu amigo eu só lamento.

Me despeço
mas agradeço,
pelas alegrias e tristeza,
que tive desde o berço
por causa daquelas que conheço
e as que as vezes esqueço...
Feliz dia das mulheres,
e 2bjos...

segunda-feira, 2 de março de 2015

Conversa entre amigos...


E aquela moça
delicada
que era pura calma
que curte água..
curte o mar,
amar...
que quer viajar
de outros cuidar
e foi capaz de te encantar...
Disse ele...

Por que você voltou comentar
sobre isso que chega a me atormentar?
não que eu venha a chorar,
não que eu venha a me irritar,
mas minha incapacidade de mantê-la
faz eu pensar às vezes em tê-la
muito constante,
pensamento distante,
dentro de suas vogais
eu sou uma consoante
destoante,
não "encaixante",
em seu distinto horizonte.

Só o que me resta é lembrança
daquele dia que ela aceitou uma dança
exalou bastante confiança
e como um criança
sorri com esperança,
mas cansa,
correr as atrás de quem busca a distancia
melhor eu voltar pra minha infância
onde brincar era ânsia
e nela, correr...
era pura elegância,
sinônimo de confiança...

Respondi,
no final sorri...
mas a verdade é que eu escondi,
que não queria sentir falta de ti...
e sorri...

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

=]



Ah se ela soubesse que quando ela passa
o mundo inteirinho se enche de graça
e fica mais lindo por causa do amor♪♫

Como seria fácil fazer dessa música uma declaração para ela, apesar de sua pele clara, só que seu andar é envolvente, diferente, divergente chega a atrair facilmente o meu olhar. Moça bela de pernambucano, longe de Ipanema, não é Iracema... aquela de Adoniran... mas confesso que sou seu fã, hãn...
Se contasse mais sobre ela você iria se apaixonar, se encantar, tentar se encaixar na que sua bela curva de seu sorriso... guiando a uma cova amigo, única, onde não se guarda tristeza, mas sim beleza, onde o único velório, que notório, realizado em suas redondeza foi o de um cravo, que frieza, a rosa chorou, mas logo se alegrou a ver tamanha boniteza, e alegou: -"MOÇA, SEU SORRISO É UMA BELEZA"...
Se eu for continuar falando sobre ela você também vai se apaixonar, opa, isso eu não deveria revelar, ou falar, sei lá, aquela moça consegue me perturbar, tão linda e disposta, é capaz de aceitar qualquer aposta... "pega a bola... tá na hora"... moça, me passa a bola? me da a bola... me da bola? me namora... ora, já passou minha hora, mas não quero ir embora, nesses seus cachos... me enrola? ou nos desenrole... será que rola? ora bolas, olha a bola...
Cai, em meu rosto a marca da bola. Não me lembro de nada além daquele sorriso com uma covinha, e aquele cabelo cacheado... que irado, sonhei em ser seu namorado, vamos fazer desse um sonho realizado?

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Bora, Ela disse...



Eu conheci uma menina
pela estrada da vida
algo nela me fascina
queria ela não apenas como uma amiga

Não demorei muito
e chamei-a pra conversar
e logo não entendi
pq longe de mim ela foi morar

foi basicamente assim
o que ela dizia pra mim:

Eu a chamei pra conversa...
Bora, Ela disse
Eu a chamei pra passear...
Bora, Ela disse
Eu a chamei pra dançar...
Bora, Ela disse
Eu a chamei pra jantar...
Bora, Ela disse
Eu a chamei pra brincar...
Bora, Ela disse
Eu a chamei pra cantar...
Bora, Ela disse
Eu a chamei pra jogar...
Bora, Ela disse
Eu a chamei pra orar...
Bora, Ela disse
Eu a chamei para Louvar...
Bora, Ela disse

E me veio a questão
será que ela nunca dirá não,
Ela disse, não...
ás vezes eu digo não,
mas não gosto não...

E eu me perguntei
que mulher é essa
sempre disposta
mas nem sempre com pressa

e eu tornei a questionar:

Você é sempre assim?
Bora, Ela disse...
Você é meiga ou meio bruta?
Bora, Ela disse...
Você é encantadora, sabia?
Bora, Ela disse...
Você quer me beijar?
Bora, Ela disse... (eu sorri)
Você quer me namorar?
Bora, Ela disse... (Chorei de emoção)
Você quer sonhar?
...
O refrão da música acabou
Meu despertador Tocou
minha mãe me acordou
e do meu sonho perfeito tirou
LASCOU...

Eu falei,
Mãe, alguém me procurou...
Bora, Ela disse...
e a dúvida voltou...
Será que o refrão novamente tocou...
se minha mãe que me chamou...
ou se a moça desse sonho realmente me visitou...
Acabou!
Mas...
Bora, Ela disse...
A conversa foi um pouco mais complexa...
Só que...
Bora, Ela disse!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

eu apenas aceito

O tempo passa e a vida continua, mas eu sigo me perguntando em qual rua sua vida vai encostar de vez na minha, só que como se não fosse suficiente esse questionamento, eu me aprochego dela, querendo um carinho, um chamego... e perco, fico sem jeito... esterco! Ela disse que não mais me ama, e eu mais uma vez apenas aceito... fazer o que? desde o nosso primeiro beijo eu não sabia se amanhã você iria querer me ver e apesar das palavras doces e frases sutis, apesar das declarações, por falta de razões hoje estou eu, te procurando em porões... transmitindo minhas emoções para esses versos que se perderão na suave escuridão de minha aconchegante solidão, mas sabendo que nada foi em vão... apesar dos pesares, aprendizado... novos ares, encontrei a felicidade na sua incrível simplicidade e agora tenho esperança que encontrarei pela cidade, um sentimento puro e de verdade, esperança que encontrarei alguém que me surpreenderá mais do que você conseguiu me surpreender, fazendo assim, enfim eu te esquecer... Porém, se você vier me perguntar o porquê desses versos, talvez eu não diga nada, talvez seja uma furada, ou talvez eu diga tudo, só que eu tenho quase certeza que você novamente me ignorará e nada falará, mas se um milagre acontecer e você tentar me convencer de algo que por algum motivo me faça sofrer, ou tente se explicar por algo que queria fazer... apenas saiba que... eu aceito! e apesar dos meus defeitos e você ter feito eu me apaixonar por seu jeito, por você eu busco o desapego, pode ser um erro ou um dos meus poucos acertos, tudo é questão de 50%... me sento, ao relento, bate o vento e vejo sua imagem, que tormento!

sábado, 24 de janeiro de 2015

morena

E olha aquela morena
corpo escultural,
merece um até um poema
com um sorriso um pouco igual
mas ela deve ter algo especial
dentro de sua cabeça
dentro do gosto de sua boca
nos detalhes das curvas de seu corpo

Ei,
te fiz esse poema,
tem algum problema?
estou num dilema,
se pego ou desapego...
talvez faça bem pro meu ego
não nego,
é uma pena que não sou seu nego,
ou seu chamego,
mas talvez devêssemos fugir a lei do desapego
e nos encontrar naquele beco
que beco?
fui seco,
mas não fui eleito,
bem feito...

só que...
ei morena,
seu pai te fez direito
com esse seu corpinho maneiro...
queria te dar um cheiro,
te pegar ligeiro,
e quem sabe ser o primeiro,
ou quem sabe não,
se chegue aqui amanhã
e faça eu me tornar seu fã

domingo, 11 de janeiro de 2015

vai que cola...



Estive pensando...
e olha que não faço muito isso...
bem que poderíamos se ver...
se encontrar,
conversar,
se pegar,
se agarrar,
conversar mais um pouco,
e retornar,
não ao nosso lar,
mas a se beijar,
se abraçar,
se acariciar,
e só pra rimar
poderíamos hipotetizar,
vai que resolvemos namorar,
vai que resolvemos juntos ficar,
vai que o destino faz a gente casar,
ou apenas sonhar...
eita,
sonhei demais,
hipotetizei em paz...
mas...
bem que poderíamos nos encontrar,
quem sabe pra conversar...
ou sei lá...
vai que, né!?